Bolsonaro critica Petrobras após novo aumento dos combustíveis

Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro criticou o reajuste dos combustíveis anunciado pela Petrobras e afirmou que “alguma coisa vai acontecer” na companhia nos próximos dias. O aumento já está valendo a partir de hoje em todo o país. Segundo o presidente, este aumento de preço foi definido como “excessivo” e “fora da curva”.

Além disse, Bolsonaro também criticou o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, sem citar seu nome: “O presidente da Petrobras disse que não tem nada a ver com a questão dos caminhoneiros. Foi o que ele falou. Isso vai ter uma consequência obviamente. Não tenho nada a ver com isso”, afirmou.

Por outro lado, o presidente Bolsonaro anunciou que que teve um encontro com a equipe econômica e que decidiu que a partir do dia 1º de março os impostos federais sobre os combustíveis estarão zerados por dois meses. “Por que dois meses? Porque nesses dois meses vamos buscar uma maneira definitiva para zerar esse imposto do diesel”.

Bolsonaro também aproveitou a transmissão ao vivo para voltar a defender a proposta apresentar pelo governo para padronizar a cobrança de ICMS, imposto estadual sobre mercadorias e serviços, sobre o combustível. “Demos entrada na semana passada no projeto de lei complementar sobre ICMS dos combustíveis. A proposta nossa é que o Confaz decida o valor do ICMS em cada tipo de combustível. Não é interferência nossa”. 

Total
0
Shares
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post

Consumo de drogas e álcool provoca uma série de efeitos nocivos sobre o coração

Next Post

Sonda Perseverance chega em Marte

Related Posts