Varejo pede publicação urgente da MP dos empregos para evitar demissões

Em reunião Plenária realizada na manhã desta segunda-feira (22/03), as empresas associadas ao IDV (Instituto para Desenvolvimento do Varejo) manifestaram grande preocupação com a possibilidade iminente de demissões em massa no varejo em todo o país diante do fechamento de lojas em todo o território nacional e a lentidão do governo em reeditar o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego, criado no ano passado, por meio da Medida Provisória 936, e encerrado em dezembro de 2020.

Segundo o presidente do IDV, Marcelo Silva, “a despeito de todo o empenho da equipe técnica do Ministério da Economia, a Medida Provisória precisa ser publicada com urgência para evitar medidas extremas, como demissões no varejo, agravando ainda mais a crise de empregos no país. Por isso, necessitamos de urgente sensibilidade para a publicação da MP”.

A primeira rodada do Programa Emergencial de Preservação de Empregos, editada tempestivamente em 2020, foi uma medida acertada para a manutenção de postos de trabalho em diversos segmentos da economia.

O agravamento da pandemia e a adoção de medidas restritivas mais intensas neste ano, inclusive com lockdown em muitas regiões do Brasil, exigem a reedição urgente do Programa.

Sobre o IDVO IDV (Instituto para Desenvolvimento do Varejo) representa 73 empresas varejistas de diferentes setores, como alimentos, eletrodomésticos, móveis, utilidades domésticas, produtos de higiene e limpeza, cosméticos, material de construção, medicamentos, vestuário e calçados. Atuante em todo o território nacional, o IDV tem como principal objetivo contribuir para o crescimento sustentável da economia brasileira, além do desenvolvimento do varejo ético e formal. Empresas associadas ao IDV: AleSat, Avon, B2W, Bio Ritmo Academia, Bob’s, C&A, C&C Casa e Construção, Cacau Show, Caedu, Calvin Klein, Carrefour, Cencosud, Casas Pedro, Centauro, CSD (Companhia Sulamericana de Distribuição), Cia. Hering, Cybelar, Dafiti, Decathlon, DPaschoal, Drogaria DPSP, Estée Lauder, Ferreira Costa, Gouvêa Ecosystem, GPA (Grupo Pão de Açúcar), Grupo Avenida, Grupo Big, Grupo Boticário, Habib´s, Inbrands, Itapuã Calçados, Kalunga, Leo Madeiras, Leroy Merlin, Livraria Cultura, Lojas Americanas, Lojas Bemol, Lojas Cem, Lojas Leader, Lojas Pompéia, Lojas Renner, Magazine Luiza, Marisa, Marisol, McDonald´s, Movida, Mundo do Cabeleireiro, Netshoes, Novo Mundo, Óticas Carol, Pague Menos, Pandora, Panvel Farmácias, Pernambucanas, Petz, Polishop, Quero-Quero, Ráscal, RD (Raia Drogasil), Reserva, Restoque, Ri Happy, Riachuelo, Roldão, Saraiva, Sephora, Telhanorte, Tok&Stok, Via Varejo, Via Veneto – Brooksfield, Vivara e Zara.

Total
13
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post

STF pode retomar julgamento do caso Lula hoje

Next Post

Terceira idade: Dicas para treinar o cérebro na quarentena e identificar quando o esquecimento é preocupante

Related Posts