Corpo de Dança do Amazonas se apresenta no Festival Funarte Acessibilidança

Montagem Solatium, em vídeo com audiodescrição e Libras, será exibida on-line, a partir de 30 de junho, gratuitamente
Montagem Solatium, em vídeo com audiodescrição e Libras, será exibida on-line, a partir de 30 de junho, gratuitamente. – Foto: divulgação

A Fundação Nacional de Artes – Funarte, em continuidade à programação do Festival Funarte Acessibilidança, apresenta, nesta quarta-feira (30) o espetáculo Solatium, do Corpo de Dança do Amazonas (CDA). O grupo, criado em 1998, tem sólida trajetória de prêmios e apresentações no Brasil e no exterior. A exibição foi gravada especialmente para o Acessibilidança, com recursos de acessibilidade (Libras e audiodescrição), e fica disponível no canal da Funarte no YouTube. A montagem encerra a agenda da região Norte no festival, que segue com projetos das outras regiões do País, até outubro.

O renomado bailarino e professor Mário Nascimento dirige o CDA desde o início de 2020. Ele criou e coreografou Solatium durante o período de distanciamento social, com todo o elenco participando do processo de criação. “Com a pandemia, no momento de uma crise muito forte, a companhia se colocou à disposição para continuar trabalhando e para construir uma obra que começou a ser elaborada on-line e de forma coletiva”, destaca Nascimento.

A trilha musical é composta pelos Divertimentos (Eine Kleine Nachtmusik), de Mozart, por sugestão do maestro Marcelo de Jesus, da Orquestra de Câmara do Amazonas (OCA), parceira da montagem. Solatium, em latim, significa “solaz”, palavra associada a “distração”, “divertimento” e “consolação”. “O espetáculo de dança é consolador, traz alegria e descontração. Assim como a música utilizada: um divertimento, em que Mozart faz uma ode ao ato de brincar”, explica o diretor do coletivo.

Com o prêmio Acessibilidança, o CDA investiu na inclusão de ferramentas de acessibilidade para Solatium. Para Nascimento, a iniciativa da Funarte de promover um festival de âmbito nacional, em um momento tão complicado, é “maravilhosa”. Ele também fala sobre a importância do espetáculo para o grupo: “É um trabalho de superação e de dedicação da companhia ter conseguido fazer uma obra relevante para o CDA neste momento”.

O coletivo informou que os ensaios e a gravação foram realizados seguindo estritamente as medidas sanitárias para enfrentamento da covid 19.

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post
Tecnologia será aplicada ao TNT, matéria prima das máscaras, mas pode ser usado em outros materiais

Máscaras cirúrgicas anti-covid com tecnologia 100% nacional chegam ao mercado

Next Post
Levantamento do Sicredi indica crescimento do número de poupadores e de depósitos em poupança no ano passado

Desafios enfrentados em 2020 refletem no aumento da atenção com a educação financeira em SC

Related Posts