Anvisa autoriza estudos da ButanVac com vacinação em voluntários

Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

A Anvisa autorizou nessa quarta-feira o início da vacinação de voluntários do estudo clínico da vacina Butanvac, desenvolvida pelo Instituto Butantan. A decisão foi tomada após os pesquisadores apresentarem as informações necessárias.

A pesquisa clínica de fase 1 e 2 da Butanvac está dividida em três etapas: A, B e C. Juntas, elas devem envolver 6 mil voluntários com 18 anos ou mais. Nesta primeira fase, serão 400 participantes. O estudo será conduzido pelos hospitais de clínicas da USP, em São Paulo, e da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Horas antes do anúncio, o diretor Alex Campos já havia reiterado a importância da vacinação. Para ele, mesmo com as vacinas o momento ainda é de total cuidado e criticou quem pretende escolher qual vacina prefere tomar no posto de saúde.

A declaração ocorreu durante a reunião da diretoria colegiada da Anvisa, que prorrogou dois prazos para flexibilização de regras em relação a remédios para tratar pessoas com covid-19.

Primeiro, os diretores da agência prorrogaram até 31 de dezembro as condições extraordinárias para uso emergencial dos remédios do chamado kit intubação, como anestésicos, sedativos e bloqueadores neuromusculares. A medida acelera a liberação para uso, ao suspender temporariamente a necessidade de análise de impacto regulatório e de consulta pública.

Depois, a Anvisa prorrogou por dois meses a importação de medicamentos para tratar pacientes com Covid. São remédios fabricados fora do Brasil, sem registro no país, mas já reconhecidos por outras agências de vigilância sanitária.

Fonte: Agência Brasil

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post

Professores usam criatividade para manter aprendizado na pandemia

Next Post

IBGE: vendas do comércio varejista crescem 1,4% em maio

Related Posts