Asia Shipping pretende fechar 2021 com 30% de crescimento na exportação FCL

Companhia está entre os 10 primeiros players no ranking Datamar, com um aumento de aproximadamente 25% na exportação marítima em relação ao mesmo período do ano anterior. – Foto: Divulgação

A Asia Shipping, multinacional brasileira para agenciamento de cargas aéreas, marítimas e rodoviárias, é um dos destaques do Ranking Datamar, que contempla o período de janeiro a abril deste ano. A companhia figura entre os 10 maiores players do mercado, muitos deles multinacionais, e obteve um crescimento de aproximadamente 25% na exportação de contêineres Full Container Load (FCL), ou seja, um contêiner cheio com cargas de somente um exportador.

Na exportação FLC, a Asia Shipping possui uma equipe de aproximadamente 40 pessoas totalmente dedicas a este produto. Com toda a expertise e experiência que a empresa possui neste processo, de 2019 para 2020, a organização cresceu 130% a mais que o mercado. “Com a reestruturação de alguns processos no departamento e com toda a expertise que nossa companhia tem nesse negócio, conseguimos aumentar nossa participação na exportação de contêineres cheios. Somente no primeiro trimestre de 2021, crescemos cerca de 15%, em relação ao ano de 2020, um ano difícil devido a pandemia”, comenta Filipe Pacheco, head de Exportação da Asia Shipping.

A multinacional movimentou em 2020 cerca de 33 mil TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), fruto de seu relacionamento com mais de 460 clientes fixos e outros atemporais. Entre as cargas mais movimentadas na exportação estão os produtos florestais, alumínio, plástico, papel e químico. Neste primeiro trimestre, a Asia Shipping transportou também cerâmicas, pedras, peças de automóveis, algodão, café, milho e até insumos para ração animal, como farinha de peixes, ossos, sangue e penas.

LCL se destaca na Exportação para Equador e China

Além do Full Container Load (FCL), modalidade no qual um contêiner é estufado somente com cargas de um exportador, a Asia Shipping também trabalha com o Less Container Load (LCL), no qual vários exportadores podem dividir um contêiner. Atualmente, o serviço está disponível para três rotas: Hong Kong (China), Chile e Equador, como o principal destino.

Somente no serviço de exportação LCL a multinacional cresceu com cerca de 31% nesse segundo trimestre, com 70% de clientes regulares. “Com o atendimento porta a porta, atendemos pequenas, médias e grandes empresas sem a intervenção de terceiros nas rotas da America do Sul. O trecho é atendido 100% pela Asia Shipping”, afirma Gisella Sousa, gerente de Produto LCL.

Entre os clientes LCL, a organização possui diversas multinacionais que se destacam com o transporte peças automotivas, produtos têxteis, linha branca, dentre outros. O principal diferencial da Asia Shipping no transporte LCL é o fato de ser um agenciador de carga. “Como atuamos em todos os modais, conseguimos fazer o processo completo para o cliente, da retirada da carga em sua planta até a entrega na planta do importador, garantindo a qualidade de ponta a ponta”, comenta Gisella.

Total
2
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post

Abertas inscrições para Simpósio de Imaginologia organizado pelo HU-UFSC

Next Post

Nível de rios do país deve continuar baixo nessa semana

Related Posts