CADEC de suinocultura fortalece atuação com reforço no time

Foto: Divulgação

Criadas pela Lei da Integração (Lei 13.288/2016) para promover a transparência na relação contratual entre produtores integrados e agroindústrias, as CADECs (Comissões para Acompanhamento, Desenvolvimento e Conciliação da Integração) conquistam cada vez mais força. Em Santa Catarina, a iniciativa é orientada e assessorada pela Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (FAESC/SENAR-SC) em parceria com os Sindicatos Rurais e entidades do agronegócio. Para fortalecer o trabalho com foco na suinocultura, a CADEC da área ganhou reforço com a chegada de um novo técnico para dar suporte aos produtores rurais.

O Sistema FAESC/SENAR-SC trouxe, com apoio da Associação Brasileira de Criadores de Suínos (ABCS), Associação Catarinense de Criadores de Suínos (ACCS) e o Sindicato Rural de Seara, oeste catarinense, um novo técnico para atuar na CADEC de suinocultura. A partir de agora, o consultor da ABCS, Nilton Nehillesheim, auxiliará os suinocultores nos custos de produção, nos sistemas de remuneração e ajudará também na negociação junto com as agroindústrias, para mediar essa relação.

O técnico foi apresentado na última semana, durante reunião em Seara que discutiu a Lei da Integração, com a participação do superintendente do SENAR/SC Gilmar Zanluchi, do assessor jurídico da FAESC Clemerson Pedrozo, dacoordenadora do Departamento Sindical da FAESC Andreia Barbieri Zanluchi, dopresidente da ACCS Losivanio Luiz De Lorenzi, do presidente do Sindicato Rural Valdemar Zanluchi, do consultor do SENAR/SC Erno Menzel, entre outros representantes do segmento.

O consultor do SENAR/SC, Erno Menzel, que atua no suporte às CADECS de vários segmentos, salientou a importância do trabalho iniciado pelo Sistema FAESC/SENAR-SC no ano passado e do apoio que as Associações Brasileira e Catarinense oferecem a partir de agora com mais um consultor que vem para complementar na suinocultura. “Desenvolvemos um trabalho especialmente de fortalecimento, organização e formação dos produtores para atuarem de forma cada vez mais efetiva para obter os melhores resultados”.  

Segundo De Lorenzi, a partir de agora o trabalho será ainda mais forte, o que é essencial para fomentar os resultados. “Sabemos das dificuldades para produzir e, para que o produtor tenha mais qualidade de vida no meio rural, é fundamental que obtenha rentabilidade. A CADEC é fundamental para garantir resultados rentáveis”, finalizou.

Zanluchi completou que, junto com os parceiros dessa inciativa, o objetivo é somar, otimizar esforços e potencializar os recursos humanos para apoiar o produtor rural. “A partir de agora, vamos consolidar as ações de assessoria técnica e capacitação gratuita para que os produtores possam definir estratégias, participar das negociações diretamente com as agroindústrias e conquistar a sustentabilidade de seus negócios”.

O produtor rural que precisar de apoio poderá entrar em contato com a ACCS, Sindicato Rural ou o Sistema FAESC/SENAR-SC. 

Total
2
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post

Estudo revela que má alimentação na infância pode causar obesidade na vida adulta

Next Post

Conheça 3 pontos importantes que PMEs devem observar em seus contratos sociais

Related Posts