5 Lições do Esporte para a vida

Nessas olimpíadas vimos coisas surpreendentes, atletas muito jovens conquistaram medalhas, como a skatista brasileira Raissa Leal de 13 anos, que ganhou uma medalha de ouro e até atletas que eram promessa, abrindo mão de competir pelo seu bem estar emocional com a ginasta norte americana Simone Biles, que desistiu de participar de duas finais nessa olimpíada.


Veja as cinco grandes lições do esporte:

1 – Aprenda a perder

O esporte ensina muito mais a perder do que a ganhar. Sei que soa estranho no primeiro momento, mas já se perguntou quantas vezes um atleta ou uma equipe treina e compete até ganhar um campeonato, conquistar uma medalha ou um título? Acho que já deu para perceber que eles tem várias derrotas na trajetória, mas isso não os impede de continuar.

Até o Michael Jordan, um dos maiores nomes do basquete, disse que errou 9 mil arremessos, perdeu quase trezentas partidas, vinte e seis vezes os companheiros confiaram nele para um arremesso final, que poderia decidir o jogo e ele errou. Ficou conhecido por se dedicar e treinar mais para melhorar suas falhas, ao invés de se revoltar ou desistir.


2 – Motivação

Estar motivado não significa estar sempre em euforia, na maioria das vezes está relacionada a saber onde quer chegar e assumir o que está disposto a fazer para alcançar esse objetivo ou sonho. Saber comemorar suas pequenas vitórias diárias, que em um atletas pode ser um pequeno ajuste de movimento ou de uma jogada por exemplo. Colocar a alegria só no final do caminho acaba com a motivação de qualquer pessoa.

3 – Inteligência emocional faz diferença

Ser dominado pelo medo, insegurança, stress ou ansiedade é devastador. Prejudica o desempenho de um atleta e o de qualquer pessoa. Reduz sua capacidade de raciocinar com clareza, de fazer boas escolhas e tomar decisões.  Sempre bom lembrar que emoções são fisiológicas, estão acontecendo no seu corpo e no seu cérebro, então aprender a lidar com elas muda tudo mesmo.

4 – Você não controla tudo

Sim! Eu sei que você pode até achar que está “tudo sobre controle”, mas no fundo ninguém controla tudo. Ninguém esperava passar por uma pandemia mundial. E o que isso muda? Adaptabilidade, “”Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças” Como disse Leon C. Megginson. Às vezes se gasta mais tempo reclamando das mudanças imprevistas, dos problemas ou desafios, do que buscando aprender com eles. Atletas treinaram em casa e superaram suas próprias expectativas e as do Mundo. Crescer e aprender é uma das maiores habilidades que um pessoal pode ter.

5 – Celebre assim mesmo

Nem todos vão enxergar, ou valorizar seus feitos. Faça isso, assim mesmo! Um atleta que se classifica para uma olimpíada é um dos melhores do mundo no que se propôs, não reconhecer isso é um erro. Sim, todos querem a medalha de ouro, e isso vale para a vida também. Quantas vezes você cresceu, evoluiu muito mesmo, mas como não conseguiu aquele especifico resultado, parece que nada mudou? Aprender a reconhecer seus passos é colocar seu cérebro a seu favor. Ativando o sistema de recompensa e prazer, quem vive apenas focado na derrota nunca sente o sabor da vitória. Aprenda com os erros, mas saboreie cada evolução.

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post

30% dos pacientes graves de Covid-19 apresentam sintomas neurológicos

Next Post

Fósseis de dinossauros mais antigos do mundo são encontrados no Rio Grande do Sul

Related Posts