Morre publicitário Duda Mendonça

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

Morreu nesta segunda-feira o publicitário Duda Mendonça. Ele tinha 77 anos e faleceu vítima de um câncer no cérebro, agravado por conta da Covid-19. Ele estava há dois meses internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Ele se tornou conhecido após liderar as campanhas políticas vitoriosas de Paulo Maluf, em São Paulo, e de Lula, na presidência no Brasil. A morte dele foi lamentada por políticos de diversos partidos nas redes sociais.

Baiano de Salvador, José Eduardo Cavalcanti de Mendonça é um dos nomes mais conhecidos do Brasil quando se fala em marketing político.

José Eduardo Cavalcanti de Mendonça era baiano de Salvador e tinha 77 anos. Sua carreira começou quando deixou o curso de Administração na Universidade Federal da Bahia (UFBA), para tornar-se corretor de imóveis. Foi ali que começou a desenvolver ideias de vendas para uma agência de publicidade.

Em 1975, criou a sua própria agência, a DM9, onde ganhou diversos prêmios e se tornou referência no assunto. Também foi marqueteiro de campanhas políticas no exterior, como a de Pedro Santana Lopes, em Portugal.

Em 2002, o publicitário criou o termo “Lulinha Paz & Amor”, para as eleições presidenciais de Luiz Inácio Lula da Silva. Três anos depois, esteve envolvido no escândalo do mensalão e acusado de operar pagamentos irregulares para o Partido dos Trabalhadores. Também esteve envolvido em desvio de recursos do projeto “Jampa Digital” na Paraíba e na Operação Lava Jato, quando em 2017 assinou acordo de delação premiada.

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post

Agência americana define quem terá que tomar 3ª dose de vacina

Next Post

Educação Física é tema de webinar da FIEP com a Chancela da Logos University International, UniLogos

Related Posts