Jornalista conta que talibãs a impediram de trabalhar

Foto: Reprodução

Depois dos Talibãs terem tomado o poder no Afeganistão, o mundo tem acompanhado as primeiras medidas adotadas pelo novo governo. Em uma delas, a jornalista afegã Shabnam Dawran revelou que foi impedida de trabalhar em uma emissora de televisão.

Ela pediu ajuda nas redes sociais. No vídeo, ela usava um hijab e mostrava sua identificação como jornalista. Apresentadora de um telejornal da emissora, ela afirmou que “nossas vidas estão ameaçadas”.

Ela contou que seus colegas homens podiam ir ao trabalho normalmente na emissora estatal RTA, mas que seu acesso foi impedido. “Não me dei por vencida, após a mudança de regime e me dirigi para o meu escritório. Infelizmente, não tive permissão para entrar”, disse.

“Aqueles que estão me ouvindo, se é que o mundo me ouve, ajudem-nos, pois nossas vidas estão ameaçadas”, concluiu.

Os talibãs haviam dito nessa semana que as mulheres poderão exercer seus direitos, incluindo educação e trabalho, e que a imprensa será livre e independente.

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post

Identificado jovem afegão que morreu ao tentar agarrar avião

Next Post

Bolsonaro pede impeachment de Moraes

Related Posts