IGP-M já acumula alta de 17% no ano

Selic deve ter reajuste de 0,75% em relação a taxa atua
Selic deve ter reajuste de 0,75% em relação a taxa atual. Foto: Freepik/Divulgação

O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M ), ferramenta utilizada como referência para o reajuste de contratos, como os de aluguel de imóveis, subiu 0,64% em outubro. Segundo este resultado divulgado pela Fundação Getulio Vargas, o indicador acumula alta em torno de 17% no ano e quase 22% em 12 meses.

De acordo com os dados divulgados nesta quinta-feira, a alta da taxa na passagem de setembro para outubro foi puxada pelos preços no atacado. O Índice de Preços ao Produtor Amplo, que acompanha este segmento, teve inflação de 0,53% em outubro, frente a uma deflação de 1,21% no mês anterior. A entidade confirmou que o principal responsável foi o subgrupo combustíveis e lubrificantes para a produção: o percentual saltou de 0,02% para 5,29%.

Outra alta também foi registrada no Índice Nacional de Custo da Construção, que passou de 0,56% para 0,80% no período avaliado. Por outro lado, a inflação do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) , que mede o varejo, caiu de 1,19% em setembro para 1,05% em outubro.

Total
14
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post

Cartilha com dicas para evitar desaparecimento de crianças é lançada

Next Post

Facebook anuncia novo nome de sua controladora

Related Posts