Hospital Estadual cria mural com ideias de autocuidado para manter a saúde mental

Instalado no corredor principal da unidade, os próprios funcionários escrevem experiências que adotam para manter o equilíbrio mental e bem-estar e compartilham com os colegas

Em adesão à campanha Janeiro Branco, cujo intuito é chamar a atenção para o cuidado com a saúde mental, o Hospital Estadual de Bauru (HEB), unidade de saúde sob gestão da Famesp, organiza ações em diversas frentes de trabalho para este mês com foco na conscientização dos seus profissionais quanto à importância do autocuidado e da manutenção da saúde mental. Entre elas, um mural instalado no corredor principal da unidade, bem próximo à entrada de funcionários, está atraindo a atenção dos colaboradores que podem escrever suas ideias para “driblar” os maus pensamentos e sensações ruins e compartilhá-las com os colegas.

“É uma metodologia psicoeducativa com foco na saúde dos profissionais e que somada às demais intervenções que estamos fazendo no hospital visam despertar essa atenção para o autocuidado”, explica Christiane Antunes Lambertini, psicóloga da Educação Permanente/RH do HEB. Segundo Lambertini, houve uma “explosão” de atendimentos psicológicos entre profissionais da saúde nos momentos de pico da pandemia por diversas necessidades e em razão disso a unidade buscou uma forma de intensificar as ações direcionadas à saúde mental.

Seja pelo uso da criatividade ou do bom humor, as frases com ideias de autocuidado estão aumentando a cada dia. A iniciativa é da Educação Permanente/RH do HEB e se junta a uma séria de atividades preparadas pela equipe do setor. Em decorrência do longo período de pandemia, situação que trouxe grande impacto na saúde mental de “quem cuida” dos pacientes, seja na assistência, no apoio ou em áreas administrativas, a campanha Janeiro Branco tem sido uma boa oportunidade de retomar essa discussão mais direta com o funcionário. “Faremos leituras de frases de impacto no sistema de som do hospital para estimular a reflexão e no contato direto com os funcionários, nas palestras e atividades, nosso objetivo é proporcionar vivências que ampliem habilidades de enfrentamento”, acrescenta Lambertini.

Atendimentos psicológicos aos profissionais

  A Educação Permanente/Sesmet conta hoje com o apoio do Setor de Psicologia do HEB para desenvolvimento de uma proposta reflexiva com os funcionários nas unidades que atuam. A parceria para essa atuação teve início na pandemia através da força-tarefa para atendimento psicológico aos funcionários e se estendeu para uma proposta de sensibilização reflexiva dentro das particularidades da unidade, dentro daquilo que cada profissional vivencia, com o intuito de fazer uma reflexão para o autocuidado em saúde mental. “Chegamos a realizar atendimentos psicológicos com mais de 80 colaboradores nos picos da pandemia e esse atendimento acabou se consolidando por trazer bons resultados e ter feito muita diferença para esses profissionais”, justifica a psicóloga. Atualmente, cerca de 40 profissionais são atendidos pela equipe de psicólogas do HEB que além de Christiane Lambertini conta com Camila Guedes de Azevedo Nardi Beppu, Maria Celeste Rodelli e Andréia Barbosa de Lima.  

Atividades e palestras

·         Além do mural interativo, um painel com dados relacionados à situação da saúde mental no Brasil e frases e ideias de autocuidado foi instalado na entrada do refeitório junto à decoração alusiva ao Janeiro Branco.

·         O tema foi inserido em formato de módulo nas reuniões de avaliação de desempenho e oficinas de liderança que reúne representantes do Hospital Estadual de Bauru e também do Hospital de Base, Maternidade Santa Isabel, AME Bauru e Hospital Campanha Bauru, para que os líderes e representantes dessas unidades possam atuar como multiplicadores dessas ações juntos às suas equipes e na medida do possível desenvolver ações e práticas saudáveis dentro de cada setor de trabalho.

·         O jornal mural “Pílulas Informativas” também deu destaque para a saúde mental na edição deste mês, com artigos de psicólogas da unidade.

·         Uma série de palestras relativas ao tema estão programadas para os profissionais do Hospital Estadual de Bauru entre os dias 25 e 27/01: o psicólogo Leoni Cesar Muniz ministra “Mindfullness na promoção da saúde mental?”; Bruno P. Xavier e Lucas Frasson Montt Marchant, também psicólogos, abordam o assunto em “Janeiro Branco – Como cuidar da saúde mental”; e uma palestra online com o neurocientista e neuropsicólogo Fabiano de Abreu de tema “Dependência emocional dos likes e dos comentários positivos das redes sociais, o que pode gerar ansiedade entre os internautas” encerra a programação.

Dados sobre saúde mental no Brasil (Fonte: Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda  / 2012-2016)

·         31% dos auxílios-doença não ligados a acidentes são decorrentes de depressão

·         Cerca de 9% dos casos de aposentadoria por invalidez ou acesso ao auxílio-doença foram decorrentes de transtornos mentais;

·         Cerca de 92% das pessoas que adquirem o auxílio relatam que os problemas não estão relacionados com o trabalho, mas sim com seu dia-a-dia – e isso afeta diretamente o desempenho na empresa.

Algumas frases e ideias de autocuidado

·         Encontre meios para expressar seus sentimentos: pintar, dançar, escrever e cantar;

·         Contemple a natureza;

·         Escreva uma lista de coisas pelas quais você é grato;

·         Quem cuida da mente cuida da vida;

·         Cuidar da nossa saúde é a nossa responsabilidade de janeiro a janeiro;

·         Reserve um tempo para refletir e reconhecer o que te faz bem ou mal;

·         Permita-se chorar;

·         Aceite suas emoções sem julgá-las;

·         Consulte um terapeuta ou médico quando achar que não pode resolver seus problemas sozinhos.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post

Em transplante inédito, homem recebe coração de porco

Next Post

Brasileira descobre 25 asteroides por telescóspio

Related Posts