Saiba mais sobre os episódios que marcaram o início das grandes guerras

(Foto: Reprodução/ Pexels)

Ao longo dos anos, duas guerras mundiais e um conflito político de mais de 40 anos marcaram a história da humanidade e foram os responsáveis por dividir o planeta inúmeras vezes. Ainda que esses confrontos envolvam fatores políticos, sociais, econômicos e, às vezes, religiosos, todos tiveram um acontecimento que serviu de estopim para o seu início. 

Abaixo, relembre os episódios responsáveis pelo começo das grandes guerras vivenciadas pela raça humana:

1. Primeira Guerra Mundial:

A primeira grande guerra mundial aconteceu em meados da década de 1910. Até esse período, a humanidade acreditava ter atingido a “Paz Armada”, e guardava uma esperança de que os conflitos seriam resolvidos pacificamente. Porém, o desenvolvimento industrial e a expansão imperialista não deixaram que essa fase durasse muito. 

Desde o início da década, os países europeus vinham enfrentando uma tensão em suas relações devido a diversos incidentes diplomáticos, o que culminou no assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando, herdeiro do império Austro-húngaro, e sua esposa. O ataque ocorreu na Bósnia, e teve como autor um ativista sérvio. O episódio ficou conhecido como “Atentado de Sarajevo”, e resultou no rompimento diplomático entre a Áustria-Hungria e a Sérvia, que entraram em guerra logo em seguida.

2. Segunda Guerra Mundial:

O estopim da Segunda Guerra Mundial aconteceu em setembro de 1939, com a invasão de Hitler à Polônia, país que representava uma grande ambição dos alemães, que já haviam perdido parte de seus territórios para a nação na primeira grande guerra. Por já saber dessa intenção, os poloneses firmaram um acordo de apoio militar com a França e a Inglaterra, para o caso de invasão. 

Porém, a Alemanha havia assinado um pacto de não agressão com a União Soviética antes de invadir a Polônia, que não recebeu a ajuda que esperava dos franceses e britânicos. Os alemães usaram a técnica de guerra-relâmpago para coordenar ataques rápidos, fazendo com que a cidade de Varsóvia se rendesse antes que o mês de setembro acabasse. O próximo passo do ditador foi levar a guerra para a Europa Ocidental.

3. Guerra Fria:

Pouco tempo depois do fim da Segunda Guerra, a humanidade adicionou mais um conflito à sua história: a Guerra Fria. O início do confronto, que durou mais de 40 anos, aconteceu logo após o lançamento das bombas atômicas nas cidades de Hiroshima e Nagasaki. Isso porque a inteligência soviética já tinha informações sobre o Projeto Manhattan, responsável pela criação das armas nucleares utilizadas no ataque.

Para alguns historiadores, a atitude dos Estados Unidos em lançar as bombas foi uma forma de os norte-americanos demonstrarem que não precisavam da ajuda da URSS para participar da guerra. Esse acontecimento, somado ao fato da União Soviética ter começado a expandir seu arsenal bélico, deu início à corrida armamentista e tecnológica mais duradoura da história da humanidade.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post

Homem é submetido a cirurgia no Irã após inserir pilha no próprio pênis

Next Post

Um brilho de raios-X sugere que buracos negros ou estrelas de nêutrons alimentam estranhas ‘vacas’ cósmicas

Related Posts