Após novo surto de covid-19, China decreta confinamento em grandes cidades e fecha fábricas

Foto: pexels

A gigante taiwanesa do setor eletrônico Foxconn, principal fornecedora da Apple, informou a suspensão das operações em Shenzhen, porque o confinamento afeta o funcionamento de suas fábricas. A empresa que emprega milhares de pessoas ainda anunciou que transferiu a produção para outros centros.

Shenzhen é uma das dez cidades da China que estão em confinamento atualmente, assim como Dalian, Nanjing e Tianjin, perto de Pequim. As autoridades contabilizaram na última segunda-feira, 2.300 novos, casos em todo país. No domingo, foram notificados quase 3.400, o maior número desde o início da pandemia.

As autoridades anunciaram o novo confinamento, após a detecção na cidade de focos da doença relacionados com a vizinha Hong Kong, onde o vírus provoca muitos danos. Embora o número de casos permaneça baixo em comparação com outros países, o balanço dos últimos dias é considerável no contexto da China, onde as autoridades aplicam desde 2020 uma política de tolerância zero com a pandemia. As informações são da AFP.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post

Nova espécie de dinossauro do período jurássico é descoberta na China

Next Post

Alexandre de Moraes, ministro do STF, determina bloqueio do Telegram em todo o Brasil

Related Posts