África do Sul: 259 pessoas morrem após chuvas e enchentes no país

Foto: Pexels

O presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, prometeu ajudar as vítimas de devastadoras enchentes na costa leste do país, enquanto o número de mortos aumentou para 259, após chuvas pesadas que inundaram estradas e interromperam os fretes em um dos principais portos do continente africano.

Ele visitou as famílias que perderam entes queridos na província de KwaZulu-Natal, incluindo uma família com quatro crianças, após enchentes e deslizamentos destruírem casas na terça-feira. A costa sudeste da África está na linha de frente de sistemas climáticos marítimos que, segundo cientistas, estão ficando mais intensos por conta do aquecimento global, quadro que pode se agravar ainda mais nas próximas décadas.

Nonala Ndlovu, chefe do Departamento de Governança Cooperativa de KwaZulu-Natal, disse à agência de notícias Reuters que o número de mortos não havia sido atualizado ontem, além dos 259 que foram reportados durante o dia. Moçambique, país vizinho ao norte da África do Sul, sofreu uma série de enchentes devastadoras ao longo da última década, incluindo uma no mês passado, que matou mais de 50 pessoas. As informações são da Agência Brasil.

Total
1
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post

Prazo para pedir isenção do Enem 2022 termina sexta-feira (15)

Next Post

Ministérios da Economia e da Justiça firmam acordo contra pirataria

Related Posts