Agachamentos: Especialista alerta 5 erros mais comuns que prejudicam o ganho de massa muscular

Sporty woman doing squats. Muscular fitness woman in military sportswear isolated on white background. Fitness and healthy lifestyle concept

Os exercícios físicos desempenham um papel fundamental na busca por uma vida saudável e um corpo em forma. Entre as práticas mais populares, o agachamento é amplamente conhecido por seu potencial para fortalecer as pernas, glúteos e região lombar, além de proporcionar benefícios para o equilíbrio, a estabilidade e a postura corporal. Ao executá-lo corretamente, é possível desenvolver força, resistência e hipertrofia muscular. No entanto, realizar esse movimento de forma incorreta pode comprometer os resultados desejados e até mesmo causar lesões.

Conversamos com Joicy Vanessa, educadora física e conhecida nas redes sociais como Joicy Maromba, que nos alertou sobre cinco erros comuns cometidos durante o agachamento, que acabam prejudicando a hipertrofia, ou seja, o ganho de massa muscular.

1- Tirar o calcanhar do chão 

Um dos erros frequentes é tirar o calcanhar do chão e forçar os joelhos para frente durante a execução do agachamento. Joicy explica: “Isso gera uma sobrecarga nos joelhos, podendo resultar em lesões. É essencial manter os pés totalmente apoiados no chão e alinhados com os joelhos ao longo do movimento.”

2-Valgo dinâmico 

Outro erro comumente observado é o valgo dinâmico, caracterizado pela instabilidade no joelho e pela tendência de movê-lo para dentro durante o agachamento. “Essa posição desalinhada coloca pressão excessiva nas articulações, aumentando o risco de lesões. Para corrigir, é importante manter os joelhos alinhados com os pés e controlar o movimento durante toda a execução”, ressalta a especialista.

3 -Hiperextensão 

A hiperextensão do quadril também é um erro prejudicial durante o agachamento. Muitas vezes, levamos o quadril muito à frente na hora de levantar o peso, o que pode gerar tensões desnecessárias e comprometer a estabilidade do movimento. A educadora aconselha: “Concentre-se em manter o quadril alinhado com o tronco, evitando qualquer movimento exagerado para frente.”

4- Exagerar na inclinação do tronco

Além disso, descer com o tronco muito inclinado é um erro comum que sobrecarrega a região lombar. Joicy  explica que é essencial manter o tronco ereto e alinhado durante todo o movimento. “Isso ajuda a distribuir a carga de forma adequada, evitando lesões na coluna. Mantenha o peito aberto e os ombros para trás, mantendo a postura correta.”

5 – Retroversão pélvica

A retroversão pélvica acontece quando a pessoa realiza o agachamento com uma grande amplitude, e ao final do movimento inclina muito a pelve, fazendo uma flexão na coluna vertebral. Segundo Joicy, isso acaba desalinhando a curvatura natural dessa região, deixando a coluna em formato de “C”. “A curto ou longo prazo ocasiona uma grande pressão nos discos invertebrais da coluna”, afirma.

Portanto, para obter os melhores resultados e evitar lesões, é fundamental buscar a orientação de um profissional qualificado, como um educador físico, que possa corrigir sua técnica e fornecer instruções adequadas. Lembre-se de começar com cargas leves e progredir gradualmente, respeitando os limites do seu corpo.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post
jovem-saudavel-atleta-fazendo-exercicios-flexoes-na-academia_155003-35469

Musculação: Como o dia a dia na academia pode prejudicar a sua coluna

Next Post
41c3cc5fb027f225dd499b95b8e20be6_XL

Troca da prótese de mama: Quando e porque deve ser feita? Especialista explica

Related Posts