Networking forçado: Quando a busca por conexões profissionais pode prejudicar seu desenvolvimento

O networking diz respeito à construção e manutenção de conexões profissionais. Essa prática é muito importante para potencializar a sua vida profissional e auxiliar no seu desenvolvimento. No entanto, para que ela seja realmente eficaz é preciso evitar alguns erros comuns durante o processo.

Um dos erros mais cometidos na prática de Networking é a busca forçada por novos contatos, o que acaba surtindo o efeito contrário, explica o advogado e Sócio Diretor da Nelson Wilians Advogados,  Sérgio Vieira.

O chamado ‘networking forçado’ é um passo para trás na sua carreira profissional, ele pode ser bastante negativo fazendo com que você, na verdade, seja mal visto pelas pessoas com que você desejava formar uma conexão”.

O que é o Networking forçado?

O networking forçado é uma prática que tenta simular situações para aumentar sua rede de contatos, ele busca criar conexões em eventos ou situações onde a interação é artificial ou constrangedora. 

Normalmente, essa estratégia usa abordagens muito diretas para estabelecer contatos profissionais, resultando em conversas superficiais e pouco produtivas.

Quando você pensar em ampliar sua rede de contatos profissionais e, por exemplo, vai jogar golf, mas você não gosta de golf, vai jogar tênis, mas você não gosta de tênis, frequenta um determinado clube, mas você não gosta desse clube… Todos percebem que seu objetivo lá é se aproximar deles, o que faz com que eles, na verdade, se afastem”, explica Sérgio Vieira

Como fazer networking corretamente?

Para construir uma rede de contatos profissionais corretamente deve-se buscar situações naturais para contatar outras pessoas, destaca Sérgio Vieira.

Para um networking eficaz, é importante focar em construir relacionamentos autênticos. Sempre ouça atentamente as outras pessoas, demonstre interesse genuíno e ofereça ajuda sempre que puder. Participe de eventos relevantes para ambas as partes e mantenha contato regular”, reforça.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post

Especialista explica a importância do marketing educacional

Next Post

Direito empresarial: Entenda como funcionam os acordos mais comuns no mundo dos negócios

Related Posts