Melasma: Especialista ensina a prevenir manchas na pele durante o verão

Com o verão as atividades ao ar livre ganham cada vez mais destaque, como banhos de praia, passeios em parques, banhos de sol e piscinas. No entanto, é preciso ter cuidado com a exposição exagerada ao sol, algo que pode gerar uma série de problemas, como explica a Médica pós graduada em dermatologia, Dra. Nicolly Machado.

Se expôr em excesso ao sol sem a proteção adequada pode gerar diversos danos na pele, como queimaduras solares, envelhecimento precoce, aumento do risco de câncer de pele e melasmas”, explica.

O que são melasmas?

De acordo com a Dra. Nicolly Machado, os melasmas podem ser influenciados por diversos fatores, mas a exposição desprotegida ao sol é um dos principais nesta época do ano.

Melasmas são manchas escuras na pele, geralmente no rosto, causadas pelo aumento da produção de melanina, o pigmento que dá cor à pele. Elas são comuns em mulheres grávidas devido às mudanças hormonais, mas também podem ocorrer devido à exposição solar ou uso de contraceptivos orais”.

Como prevenir o surgimento de melasmas?

Para prevenir o surgimento de melasmas é importante ter alguns cuidados básicos, afirma a Dra. Nicolly Machado.

Existem alguns cuidados e hábitos que ajudam a prevenir melasmas, mas para além dos fatores hormonais, que são mais difíceis de modular, os principais cuidados estão relacionados à exposição solar. Ou seja, é importante utilizar o protetor solar com o FPS certo e aplicar a quantidade correta, também é importante evitar a exposição excessiva ao sol, mesmo com proteção, entre as 10h e 16h”, alerta Dra. Nicolly Machado.

Como tratar melasmas?

Atualmente, existem tratamentos disponíveis que ajudam a amenizar essas manchas, como ácidos e skin care, afirma a Dra. Nicolly Machado.

Existem alguns tratamentos que podem ajudar a combater os melasmas, mas todos devem ser utilizados após consulta e orientação profissional. Por exemplo, existem ácidos que podem ajudar no clareamento das manchas, como o ácido retinóico, glicólico, azelaico e tranexâmico”.

Também é necessário realizar um bom skincare para ajudar tanto na hidratação, quanto na proteção da pele, por isso, é importante também reaplicar o filtro solar a cada quatro horas, escolhendo preferencialmente os produtos com cores e para quem já tem melasmas deve-se evitar exposição mesmo nos horários permitidos e cobrir a região com roupas e reforço de filtro solar”.

“Já existem, inclusive, sabonetes produzidos com ácido tranexâmico e glicólico, ajudando nesse clareamento. Filtros solares em pó compacto, bruma, em pó e bastão também podem ajudar neste processo”, indica Dra. Nicolly Machado.

Sobre a Dra. Nicolly Machado

Médica pós graduada em Dermatologia clínica, estética e cirúrgica, conhecida como Dra. Sem Rugas, é especialista em cuidados dermatológicos e dedicada a promover saúde e beleza para seus pacientes.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post

Testes de QI brasileiros são confiáveis? Sociedade Internacional de Alto QI altera normas após inconsistências em testes no Brasil

Next Post

Médica compartilha 11 dicas fáceis para iniciar o ano perdendo peso

Related Posts